Dedetizadora em SP        Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  -  EMPRESA CREDENCIADA PELA ANVISA. Dedetizadora SP.

 DEDETIZADORAS CLANDESTINAS

 

 

Há muitos anos atrás, haviam indivíduos que compravam “veneno” em uma loja qualquer e iam batendo de porta em porta, com uma “bomba” nas costas oferecer dedetização, essas pessoas eram chamadas de “Zé Bombinha”. Com o passar do tempo, diversos problemas foram relatados por conta dessa prática perigosa, como por exemplo, intoxicação de pessoas que estavam próximas às áreas pulverizadas, casos de óbitos de pessoas e de diversas espécies de animais, como cachorro, gato, passarinho, peixe, entre outros, contaminação do solo e rios com descartes incorretos de embalagens e resíduos e, até mesmo, grandes incêndios causados por conta de aplicação de produtos inflamáveis em madeiras para tratar infestações de cupins. Em decorrência do aumento na frequência desses acidentes, foram criadas leis para melhorar a qualidade e segurança dos serviços prestados pelas empresas desse setor. Foi estabelecido então, que a fiscalização dessas empresas ficaria por conta da Vigilância Sanitária de seu respectivo município e, através de diversas portarias e leis no decorrer desses anos (a mais atual, RDC N.º 52, DE 22 DE OUTUBRO DE 2009),  várias regras e exigências foram criadas para que uma empresa de controle de pragas urbanas conseguisse obter a sua licença de funcionamento (alvará).

Um dos grandes problemas do nosso setor é que a fiscalização efetiva ainda é muito precária e ineficaz, pois estima-se que 85% das dedetizadoras do país são clandestinas, não possuem o alvará de funcionamento e, o pior de tudo, investem massivamente em publicidade na internet e outros meios de comunicação. Basta o indivíduo abrir a sua empresa (pois ele consegue o CNPJ, mesmo sem o alvará da Vigilância Sanitária), criar um site bonito (muitas vezes enganando as pessoas, simulando possuir tal licença de funcionamento e outras capacitações técnicas), fazer impressos gráficos personalizados com a logomarca da empresa (mas que são documentações sem validade para efeito de fiscalização) e aguardar as ligações de pessoas desinformadas (que na maioria das vezes acreditam estar contratando uma empresa séria e legalizada).

Muitas vezes, essas empresas ilegais oferecem preços baixos para atrair os seus futuros clientes, que se preocupam mais com o preço do que com o valor agregado do serviço oferecido. O preço baixo tem relação direta com o fato dessas empresas não atenderem às inúmeras exigências que os órgãos fiscalizadores cobram das empresas legalizadas, desde capacitação técnica adequada, responsável técnico habilitado, edificação apropriada do imóvel, adequação dos veículos, assistência técnica dos serviços prestados, inseticidas e raticidas devidamente registrados no Ministério da Saúde, até às inúmeras exigências trabalhistas assistidas aos seus colaboradores, que vão desde o seu registro no Ministério do Trabalho, solicitação de diversos exames médicos, treinamentos e certificações exigidas para a segurança em seu ambiente de trabalho, como a NR-35 (trabalho em altura), NR-33 (espaço confinado), NR-6 (equipamento de proteção individual), NR-7 (programa de controle médico de saúde ocupacional - PCMSO) e NR-9 (programa de prevenção e riscos ambientais - PPRA).

O risco de contratar uma dedetizadora clandestina é muito alto pois, conforme relatado no começo do artigo, podem ocorrer desde intoxicações leves e prejuízos financeiros, até casos trágicos e irreversíveis, como óbito de pessoas ou animais domésticos.  Seguem abaixo, algumas dicas valiosas para não cair nesta furada e evitar problemas futuros:

- Desconfie de preços muito baixos

- Exija, antes da contratação do serviço, o documento fornecido pela ANVISA que tem o registro da empresa, com o número de seu alvará e validade (CEVS)

- Consulte o número do alvará fornecido, verificando se a razão social e endereço correspondem com as informações da empresa (muitas vezes, essas empresas clandestinas fornecem números de outras empresas pois a maioria das pessoas leigas não consultam a fundo)

- Exija o registro do responsável técnico devidamente habilitado e o seu cadastro com a empresa em questão (Anotação de Responsabilidade Técnica - ART), assim como, o registro de trabalho dos técnicos em controle de pragas que executam o serviço (essas empresas normalmente não registram seus colaboradores)

- Desconfie de propostas orçamentárias com poucas informações sobre a garantia dos serviços prestados e dos produtos que serão aplicados

- Desconfie de orçamentos fornecidos com o preço em aberto, onde a empresa cobra por litro aplicado (muitas vezes, o valor final fica o triplo do estimado no começo da negociação)

Caso você já tenha passado por alguma situação semelhante ou desconfie de uma empresa agindo de forma clandestina, faça uma denúncia para a Vigilância Sanitária (telefone 11 3065-4600 ou através do endereço http://www.cvs.saude.sp.gov.br/ouvidoria.asp), pois dessa forma, além de evitar futuros acidentes, você estará contribuindo com a sociedade e o meio ambiente.

Nós, da ALVO Dedetizadora, possuímos todas as licenças e certificações exigidas, além de contar com vários anos de experiência em controle de pragas urbanas. 

(Cardoso, Renato. 2017)

Precisou? É só nos chamar! 11 2091.5004

 

 

Solicite um orçamento

SOBRE A ALVO

Nós da Alvo Dedetizadora atuamos há duas décadas no segmento de Controle de Pragas Urbanas, sempre utilizando as mais eficazes e modernas tecnologias existentes no mercado. Entre o nosso quadro de colaboradores, contamos com uma equipe técnica multidisciplinar formada por profissionais especializados: Químico como Responsável Técnico, Engenheira Agrônoma, Enfermeira, Técnico de Segurança do Trabalho e Técnicos em Controle de Pragas..saiba mais

 CENTRAL DE ATENDIMENTO
11 20915004

ATENDIMENTO 24HS

11 981871898

MATRIZ

Rua Rogério Giorgi, 298 - Vila Carrão - São Paulo / SP  CEP 03431-000



Atendemos toda a grande São Paulo, Interior e Litoral

 

Formas de pagamento:

Acesse:

ACESSO RÁPIDO

Quer trabalhar conosco?
Envie seu currículo para:
  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Dúvidas, reclamações ou sugestões?
Envie um e-mail para nós:
  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.